quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Maitê Proença - a polémica

Já não é novidade a polémica em que a belíssima actriz brasileira Maité Proença está envolvida. Tudo por causa de um vídeo que filmou em Portugal no início de 2007, onde tecia alguns comentários menos felizes sobre o nosso país e os portugueses.

Pessoalmente, não vejo motivo para tanta indignação; apenas para, en passant, a chamar de parvinha e ponto final. Aliás, incomodaram-me mais os comentários daquelas senhoras quase histéricas em estúdio, no final da sessão do programa «Saia Justa» em que o vídeo foi transmitido, do que o vídeo propriamente dito.

Em todo o caso, não deixo de ficar surpreendido com a genialidade dos hackers - certamente, portugueses - que entraram na Wikipedia e alteraram o artigo da conhecida actriz, como se pode ver na imagem abaixo, obtida por mim ao fim da tarde de ontem:

Esta imagem é histórica, uma vez que a situação já foi corrigida, como se pode ver aqui, embora o artigo agora disponível faça uma referência à polémica em curso.

No entanto, a julgar por este artigo do jornal Público, terá havido um primeiro ataque à Wikipedia ainda mais mauzinho, onde Maité Proença era descrita como uma actriz pornográfica e chamada de ignorante.

Certo é que a própria Maité se terá sentido perturbada com as duras reacções ao seu vídeo, uma vez que a sua página oficial na Internet (que chegou a estar temporariamente indisponível) abre com a frase «Minhas desculpas aos portugueses». Esta frase é um link para outro vídeo onde tenta deitar água na fervura, acompanhado de um texto onde recorda o seu avô português e termina dizendo «eu amo Portugal!».

Assunto mais do que encerrado. Apenas sugiro a Maité Proença que, quando quiser fazer humor connosco, pegue naqueles temas em que merecemos, realmente, ser gozados: por exemplo, quando elegemos criminosos para presidentes de câmara ou quando a nossa justiça anda anos a fio à volta de casos envolvendo figuras públicas e ninguém é punido. Goze à vontade com isso, que eu até aplaudo (embora o Brasil também não seja exemplo na matéria...)!

Uma última nota: com hackers destes, já percebo os receios do nosso Presidente. É que estes lusitanos rapazes são mesmo tramados! Não querem vir fazer uns servicinhos a Macau?

2 comentários:

Curro disse...

Oi Nuno,

Achei completamente ridicula a polémica. E nao é por nao ser português, pois nos temos a mesma relaçao de amor-odeio com nossas ex-colonias sulamericanas. É de malta triste e muito aborrecida. Enfim, panes ed circensis.

Um abraço

Curro

Nuno Lima Bastos disse...

Olá, Curro!

Acho que teria sido melhor responder, simplesmente, na mesma "moeda"; isto é, algum humorista português conhecido fazer um vídeo a gozar com a Maitê. Uma coisa com piada e com classe, em vez dos insultos todos que foram ditos. Enfim...

Um grande abraço de Macau (fazes falta nos nossos jogos de futebol em Coloane)!